sexta-feira, 15 de junho de 2012

Diretor: Bill Condon


Bill Condon (nascido William Condon, Nova Iorque, 22 de outubro de 1955) é um roteirista e diretor de cinema estadunidense, vencedor de um prêmio Oscar por Gods and Monsters.
Condon é conhecido por escrever e dirigir Dreamgirls - Em Busca de um Sonho (2006),Kinsey - Vamos Falar de Sexo (2004) e Gods and Monsters (1998). Em 2003, ele foi nomeado a um novo Oscar pelo roteiro de Chicago (2002). Os próximos dois grandes trabalhos do cinesta serão lançados em 2011 e 2012, e se tratam das duas partes do filme A Saga Crepúsculo: Amanhecer: Amanhecer (parte I) eAmanhecer (parte II).

Condon dirige filmes desde 1987, quando começou sua carreira como diretor de Sister, Sister (estrelado por Eric Stoltz e Jennifer Jason Leigh), e desde então ele dirigiu cerca de nove filmes. Também trabalhou em uma boa quantidade de longas-metragem (incluindo o filme-musical Chicago – que lhe rendeu uma indicação ao Oscar por melhor roteiro – e Shortcut To Happiness).
Em 1999, Condon lança Gods and Monsters (pelo qual ele ganhou o oscar de Melhor Roteiro, com Brendan Fraser, Ian McKellen e Lynn Redgrave), um relato em boa parte ficcional dos últimos dias do cineasta James Whale, inglês expatriado que fez fama em Hollywood nas décadas de 1930 e 1940.
Kinsey (estrelado por Liam Neeson e Laura Linney), que conta a história do biólogo americano Alfred Kinsey na luta para mostrar a ciência como cura para a opressão sexual chegou aos cinemas em 2004, causando uma série de polêmicas nos Estados Unidos, inclusive protestos.
No ano de 2006 seria a vez de Bill Condon exercitar seu talento para musicais, como fez em 2002 no roteiro de Chicago, agora emDreamgirls (com a vencedora do oscar Jennifer Hudson, Jamie Foxx, Beyoncé Knowles e Eddie Murphy), um drama que balança ao compasso esfuziante do som negro americano através dos discos e shows de um trio vocal feminino chamado Dreamettes, consolidando seu prestígio junto a público e crítica.
Em paralelo à vida de diretor, Condon foi um dos produtores da festa do Oscar de 2009, cuja apresentação ficou por conta do australiano Hugh Jackman, ao lado de Laurence Mark.
Recentemente, em abril de 2010, Bill Condon foi oficializado como o diretor do quarto e último filme da Saga Crepúsculo, Breaking Dawn. Posteriormente, decidiu-se que o longa-metragem será dividido em duas partes, ambas dirigidas por Condon. O diretor constava na lista que a produtora Summit Entertainment estava sondando para o filme, que incluia também Sofia Coppola e Gus Van Sant. De acordo com comunicado da Summit enviado à imprensa norte-americana, Condon disse que está empolgado com o novo trabalho: "Estou muito animado pela chance de trazer o clímax da saga para as telas. Como os fãs da série sabem, esse é um livro singular e nós esperamos criar uma experiência cinematográfica equivalente e única", afirmou o cineasta. 

Diretor: David Slade



David Slade (26 setembro de 1969) é um cineasta britânico que iniciou sua carreira fazendo vídeos musicais. Sua obra inclui vídeos de artistas como Aphex Twin, Rob Dougan, System of a Down, Stone Temple Pilots, Tori Amos, e Muse.
Seu primeiro longa-metragem, Hard Candy, foi produzido de forma independente mas lançado em 2005 pela Lions Gate Entertainment, que comprou o filme no Sundance Film Festival. Slade foi contratado pela Summit Entertainment para dirigir Eclipse, o terceiro filme da série Crepúsculo.

Diretor: Chris Weitz


Christopher John Weitz (1969, Nova Iorque), conhecido também como Chris Weitz, é um diretor de cinema e escritor. Ficou famoso mundialmente após dirigir o filme The Golden Compass, que é baseado no livro do inglês Philip Pullman.

Biografia

Chris Weitz nasceu em 30 de Novembro de 1969 na cidade de Nova Iorque. Filho da atrizSusan Kohner e do novelista John Weitz, Chris se formou em literatura inglesa no Trinity College, em Cambridge.
Posteriormente, Chris Weitz começou a escrever o roteiro de alguns filmes e logo se tornou diretor. Os filmes do qual ele dirigiu inclui The Golden Compass (2007) e About a Boy (2002). Ele também foi o co-autor da animação Antz (1998).
Atuou no filme Sr. e Sra. Smith (2005), como o Sr. Martin Coleman, vizinho do casal interpretado por Brad Pitt e Angelina Jolie.
Chris dirigiu Lua Nova, o segundo livro da série Crepúsculo, escrita pela americana Stephenie Meyer. O lançamento foi a 20 de novembro de 2009. Ele é reconhecido por dirigir o filme "Lua Nova".

Diretora: Catherine Hardwicke


Catherine Hardwicke (nascida Helen Catherine Hardwicke - McAllen, 21 de outubro de 1955) é uma produtora e diretora de cinema estadunidense, mais conhecida por sua direção no filme independente Thirteen e no bíblico The Nativity Story, além de Twilight.

Biografia

Hardwicke mudou-se para Cameron com seus pais John Benjamin Hardwicke e Jamee Elberta Bennet. Antes disto, vivera na cidade natal, onde foi educada na religiãopresbiteriana. Enquanto cursava a UCLA film school nos anos 80 do século XX, realizou um curta-metragem intitulado Puppy Does the Gumbo.
Hardwicke começou sua carreira como arquiteta. Passou a maior parte da década seguinte como desenhista de produção, enquanto trabalhava em filmes comoTombstone (1993), Tank Girl (1995), 2 Days in the Valley (1996), The Newton Boys(1998), e Three Kings (1999). Em 2001 colaborou com o diretor/roteirista Cameron Crowe e com o ator/produtor Tom Cruise em Vanilla Sky. Estes dois últimos filmes foram notáveis pela forma original das técnicas de manipulação da cor, como complementos da narrativa.
Seu primeiro trabalho de direção foi no premiado Thirteen, de 2003. Hardwicke e a então garota de catorze anos Nikki Reed conseguiram juntas escrever um filme que refletia as experiências adolescentes de Reed. O roteiro do filme ficou pronto em somente seis dias. Evan Rachel Wood foi contratada para estrelar o filme, ao lado de Reed.
Dirigiu em seguida Lords of Dogtown (2005), uma ficção sobre a cultura do skateboarding. O filme foi uma livre adaptação do documentário Dogtown and Z-Boys, de Stacy Peralta.
Em 2002, cuidou da parte de Desenho de Produção do Filme Laurel Canyon.
Em 2006, dirigiu o filme bíblico The Nativity Story para a New Line Cinema, que estreou em em 1 de dezembro daquele ano.
Em 2008 foi a diretora de Twilight, uma adaptação do romance homônimo de Stephenie Meyer.
Em 2011 fez a versão sinistra de "Chapeuzinho Vermelho", "A Garota de Capa Vermelha" que foi um sucesso nas bilheterias dos cinemas.
E em 2012 ela ira fazer a versão para cinema do livro "Maldito Karma".