quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Truques de Beleza do Elenco da Saga Crepúsculo

Vocês escolheram, na votação da semana passada, qual postagem gostariam de ver aqui no blog e a escolhida foi os truque e segredos de maquiagem, roupas e cabelos do elenco de Crepúsculo.

Claro que essas informações não são fáceis de se encontrar assim na internet, mas eu procurei bastante e trouxe algumas coisas pra vocês!
Claro que nem todos os personagens estarão listados aqui, somente as mudanças dos principais personagens e alguns truques gerais.

Vamos começar!

Cabelos & Fios

Kristen Stewart
Antes de começar as gravações do primeiro filme da Saga, Crepúsculo, Kristen Stewart havia saído de seu último filme antes de Crepúsculo com os cabelos num tom de castanho claro, bem diferente do castanho chocolate de Bella.
 Então, para encarnar a personagem Bella, ela teve de pintar os cabelos numa mistura de chocolate e ameixa, para chegar ao tom desejado para Crepúsculo.
A tinta era sem amônia, que para quem não sabe, é uma tinta que não agride muito o couro cabeludo, deixando os fios saudáveis. A tinta dura menos tempo do que as com amônia, então foi necessário que o cabelo recebesse um retoque para as gravações de Lua Nova no ano seguinte.
Já para Eclipse, Kristen foi obrigada a usar uma peruca – algo que ficou terrível – já que havia cortado o cabelo bem curto e pintado de preto para dar a vida a musa do rock Joan Jett, no filme The Runaways. Naquela época, muitos fãs ficaram frustrados com o fato de Kristen não querer usar uma peruca para atuar como Joan, mas aceitar esse adereço como Bella.
Já nas duas partes de Amanhecer, Kristen estava com seu cabelo normal, sem peruca e propositalmente maltratado na primeira parte, mais um truque dos cabelereiros, para passar a imagem de um cabelo sem vida, já que com a gravidez de Renesmee, Bella ficou muito fraca.

Robert Pattinson
Robert Pattinson também precisou dar uma passada no cabelereiro do set antes das gravações começarem, ele também teve de pintar os cabelos.
A tinta usada foi uma mistura de cores claras e escuras, com mechas bronze para chegar a um tom parecido com o descrito nos livros de Stephenie Meyer.
Thom McIntyre, o cabelereiro de Lua Nova disse, em uma entrevista, que todos os cabelos do elenco da Saga eram ótimos para se trabalhar, muito bem cuidados, mas de longe, o de Robert era o melhor: “Eles foram um ótimo grupo para se trabalhar, e todos tinham um cabelo muito bom, mas eu tenho que dizer, o cabelo do Robert era provavelmente o melhor. Eu aparava o cabelo dele à cada semana ou à cada 10 dias, só para manter o corte bem moderno e picotado. Quando estávamos filmando, eu ajeitava o cabelo dele um ou duas vezes ao dia – o estilo do cabelo é feito para ficar bagunçado, e eu queria ter certeza que o cabelo não desceria.” – Thom McIntyre em entrevista.


Taylor Lautner
Taylor, como todo mundo sabe, teve de usar uma peruca em Crepúsculo e no inicio de Lua Nova, já que ele tem os cabelos curtos, exatamente como os de Jacob ficam a partir da metade do segundo filme.
Taylor odiou essa experiência com a peruca, dizendo ser muito quente, pinicava e os fios entravam em sua boca o tempo inteiro por causa do vento.


Ashley Greene
Ashley Greene tem os cabelos cumpridos e com fios grossos, portanto, mesmo que o cabelo fosse cortado, nunca ficaria parecido com o cabelo de Alice nos livros, finos e com pouco volume.
Então, Ashley teve de usar peruca em todos os filmes, o que foi um desafio para a equipe de cabelereiros, pois se colocar uma peruca volumosa no cabelo de alguém com fios grossos já é difícil fazer ficar natural, imagine o contrário!


Jackson Rathbone
Jackson, creio eu, que tenha sido o mais fácil de caracterizar como Jasper!
A única coisa feita no cabelo do ator, foi as mexas loiras, que acabaram ficando bem naturais por causa da cor natural dos fios de Jackson.


Nikki Reed
No primeiro filme, para viver Rosalie, Nikki Reed descoloriu os fios da raiz do cabelo e utilizou um aplique para alongar e dar mais volume ao cabelo e ela mesma conta que foi quase uma semana para o cabelo chegar naquele tom que podemos ver no filme.
Mas, como descolorir os fios é bem agressivo ao cabelo, com Nikki não foi diferente e ela perdeu muito cabelo, resumindo, a química toda que foi utilizada estragou o cabelo dela.
Nos filmes seguintes, ela teve de usar uma peruca e isso explica o porquê de eu ter gostado mais do cabelo dela em Crepúsculo do que nos outros filmes e também porque ele parecia uma palha na cena do jogo de beisebol em Crepúsculo!


Kellan Lutz
Nada foi encontrado sobre as transformações do ator, mas sabemos que ele precisou pintar o cabelo para fazer Emmett, já que ele tem os cabelos loiros.


Elizabeth Reaser
Elizabeth foi mais uma que entro para a lista de atores que usaram uma peruca!
Catherine Hardwicke, a diretora de Crepúsculo, queria um estilo meio anos 30 e 40, portanto escolheram a peruca caramelo com os fios ondulados.
Já nos filmes conseguintes, Lizzie resolveu pintar os cabelos e não usar a peruca, para deixar o ar da personagem mais natural.


Peter Facinelli
Aconteceu com Peter basicamente o que acontecer com Jackson, somente fizeram mexas loiras em seu cabelo, porém, num tom bem mais claro que o de Jackson e numa quantidade bem maior!
Em Lua Nova, Peter usou uma peruca, pois, de acordo com o Thom McIntyre, se tornaria difícil manter sempre aquele cabelo do primeiro filme.


Rachelle Lefevre
Rachelle, que interpretou a vampira Victoria nos dois primeiros filmes da Saga, não precisou de quase nada para compor o visual da personagem.
Todos aqueles cachos e a cor do cabelo já pertenciam a ela, apenas lhes foi utilizado um pouco de leave-in e babyliss para controlar o frizz.










Pele & Make

Como todos os fãs sabem, Kristen Stewart tem pequenas sardas no rosto, mas devem ter reparado que a Bella não tinha nenhum nos filmes!
O segredo é um produto chamado: Aero Minerale Makeup Mist! E o melhor é que esse produto pode ser encontrado por apenas 14 dólares, pena que não existe no Brasil! Ele é usado para deixar a pele numa cor uniforme, existem em vários tons e todo os elenco do filme usou esse produto! O uso dele é garantia de uma pele perfeita sem precisar de camadas e camadas de base, corretivo, pó e etc...

A diretora de maquiagem de Crepúsculo, Jean Ann Blac, revelou qual é o segredo para a pele brilhante dos vampiros na luz do sol. O produto é o spray de brilho da Classifid Cosmetics Era. “Ele durou o dia inteiro sem retoques, mesmo em locações de extrema umidade como em Louisiana e no Rio.”
O preço desse produto nos Estados Unidos é algo em torno de U$ 40 (40 dólares).

As lentes de contato usadas pelos vampiros foi pintada à mão pela designer de efeitos especiais Cristina Petterson Ceret.


Saúde & Corpo

Todo o elenco de Crepúsculo teve que ter aulas de luta com um personal trainer, para se manter em forma e para estar hábil na hora das lutas e corridas nos filmes.
Ashley Greene, que odeia exercícios e não está muito acostumada a fazê-los, precisou de um instrutor de fitness, que preparou um cronograma de exercícios especialmente pra ela, para que ela não sentisse muitas dores nos exercícios mais intensos com o resto do elenco.

“Eu ia à academia, arrumei um treinador pessoal e comecei a comer muito, eu tinha que comer no mínimo 4000 calorias por dia, então meu treinador sempre me trazia lanches.” – disse Taylor Lautner sobre seus exercícios. Dentre todos os personagens, ele era o que mais deveria ganhar massa muscular para Lua Nova e depois se manter assim para os outros filmes.

Não se esqueçam de votar para o post da próxima semana!

*Apesar das fontes, todo o texto foi escrito por Letícia Kartalian, se copiar, credite!

domingo, 4 de novembro de 2012

TV Spots de Breaking Dawn part 2

Separei para você, num só lugar, todos os TV Spot de Amanhecer parte 2 que saíram até agora!

Por causa da quantidade de vídeos, a página pode demorar um pouco para abrir e ficar lenta!

TV Spot - Vampire Bella Tries to Act Human
Não legendado!

TV Spot - Love Lasts a Lifetime
Não legendado!

TV Spot - Shine
Não legendado!

TV Spot - Romance
Não legendado!

TV Spot - Generation
Não legendado!

TV Spot - Alive
Não legendado!

TV Spot - Featurette
Cenas do filme, com depoimentos dos atores e diretor!
Não legendado!

Cenas Excluídas de Crepúsculo

Olá pessoal, fazia tempo que eu não aparecia por aqui, então atualizei o blog esses dias com alguns dos livros da Saga, que depois falarei mais sobre eles e agora estou com um pouco mais de tempo, portanto pretendo atualizar mais vezes o Crepúsculo em Foco!

Hoje trago a vocês todos os vídeos com as cenas que foram tiradas da edição final do filme Crepúsculo, o primeiro da saga, e alguns screencaps.
Aproveitem e em breve eu trago as cenas cortadas do segundo filme, Lua Nova!


"Are people talking about the Cullens again?"
"As pessoas estão falando sobre os Cullen novamente?"


"James, let's not play with our food."
"James, não brinque com a nossa comida."


"You don't know how it's tortured me."
"Você não sabe como isso está me torturando."


"A hundred years worth of journals."
"Diários de mais de cem anos."


"Don't read Charlie's mind."
"Não leia a mente do Charlie."


"That's the first time I dreamt of Edward Cullen."
"Esta foi a primeira vez que eu sonhei com Edward Cullen."


"Catherine Hardiwicke's vampire kiss montage"
"Montagem de beijo de vampiro de Catherine Hardwicke"


"Bella, your number was up the first day I met you."
"Bella, sua hora chegou no primeiro dia em que conheci você!


"She's brought him to life"
"Ela o trouxe à vida."


"I love it when men chase me."
"Eu aom quando homens me perseguem."


"Edward, she's not one of us."
"Edward, ela não é uma de nós."

Screencaps





Curtam a nossa página no Facebook para mais informações e atualizações e assine a nossa newsletter para receber todas as próximas postagens do blog em seu e-mail!

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Novo vídeo com cenas de Breaking Dawn part 2: Welcome Home

Dessa vez, as cenas mostram Edward e Alice apresentando a Bella sua nova casa!

“Esta cena se passa no início do filme depois que Bella (Kristen Stewart) começou a se sentir mais confortável em sua pele agora fria.  Alice (Ashley Greene) leva Bella e Edward (Robert Pattinson) através dos bosques para a casa pitoresca e os apresenta a casa.” – diz no site da EW!

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Divulgado Trailer de "The Forgotten", de Green Day (Trilha Sonora)

Finalmente saiu o clipe da música que eu mais estava esperando do filme Amanhecer parte 2: The Forgotten, da banda Green Day!

A MTV é minha emissora favorita, mas estava odiando ela hoje por ter divulgado o videoclipe e não ter autorizado a visualização aqui no Brasil, mas, no Facebook, a Juuh Bastos conseguiu o link do vídeo no YouTube em condições perfeitas e eu trago aqui para vocês o vídeo e alguns screencaps dele!

Vídeo

Screencaps


segunda-feira, 29 de outubro de 2012

(Trilha Sonora) Amanhecer parte 2

Foi divulgada a lista de músicas que estarão na trilha sonora de “Amanhecer – Parte 2”, último filme da saga “Crepúsculo” que estreia no dia 15 de novembro nos cinemas brasileiros.
De acordo com o site “Celebrity Gossip”, a grande novidade da lista a presença da banda Green Day na trilha. “Quando fomos convidados para fazer parte da trilha sonora de Amanhecer – Parte 2, nós prontamente concordamos, porque os filmes são um fenômeno cultural insano, e temos sido sempre impressionados com a maneira como as trilhas sonoras de ‘Crepúsculo’ são tão cuidadosamente tratadas”, contou o baixista do Green Day, Mike Dirnt.

Confira a lista das músicas:
“Where I Come From” — Passion Pit
“Bittersweet” — Ellie Goulding
“The Forgotten” — Green Day
“Fire In The Water” — Feist
“Everything And Nothing” — The Boom Circuits
“The Antidote” — St. Vincent
“Speak Up” — POP ETC
“Heart of Stone” — Iko
“Cover Your Tracks” — A Boy and His Kite
“Ghosts” — James Vincent McMorrow
“All I’ve Ever Needed” — Paul McDonald e Nikki Reed
“New For You” — Reeve Carney
“A Thousand Years (Part Two)” – Christina Perri
“Plus Que Ma Prope Vie” — Carter Burwell

Vote na enquete do blog, na barra lateral, em qual (quais) musica (as) você está mais ansioso para ouvir!

Confira a preview da Trilha Sonora:

(Livro) Crepúsculo: Graphic Novel - Volume 1


Com mais de 100 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, Crepúsculo, a consagrada série de amor e vampiros de Stephenie Meyer, ganha novo fôlego com o lançamento do primeiro volume de Crepúsculo: Graphic Novel. Em uma belíssima adaptação, feita sob a cuidadosa revisão da autora, a artista gráfica Young Kim uniu seu talento como ilustradora à linguagem ágil dos romances gráficos para dar vida aos personagens conhecidos pelos fãs da série. Tendo como base as descrições detalhadas de Stephenie, o resultado é um livro surpreendente, que traz Bella, Edward, Jacob e a cidade de Forks como nunca foram vistos. 

(Livro) Eclipse: Guia Oficial Ilustrado do Filme - Mark Cotta Vaz


Mark Cotta Vaz, autor de Lua Nova: Guia oficial ilustrado do filme, convida novamente o leitor a conhecer os bastidores de uma superprodução cinematográfica: a aguardada adaptação de Eclipse para as telas. O livro, impresso em cores e repleto de fotos e depoimentos exclusivos, oferece uma chance única aos fãs interessados em acompanhar de perto o processo de criação de um filme, com detalhes sobre sets, locações, cenários, maquiagem e efeitos especiais.

O guia traz ainda informações sobre os desafios de adaptação do livro em roteiro, a construção dos personagens e a impressionante tecnologia utilizada para dar vida aos vampiros e lobos que constituem o universo de Crepúsculo. Além de imagens e depoimentos dos astros que povoam os sonhos de todos os fãs: Robert Pattinson (que interpreta Edward Cullen), Kristen Stewart (Bella Swan) e Taylor Lautner (Jacob Black).

(Livro) Lua Nova: Guia Oficial Ilustrado do Filme - Mark Cotta Vaz


Mark Cotta Vaz conduz o leitor por um passeio vip pelos bastidores da aguardada sequência cinematográfica da série Crepúsculo. O livro mostra quais foram as inspirações do diretor já indicado ao Oscar Chirs Weitz e de sua equipe de criação para levar às telas o envolvente romance de Stephenie Meyer, e desvenda os segredos por trás das cenas de romance e de todo o suspense e a ação entre vampiros e lobisomens.

Em edição de luxo, impressa em cores, repleta de fotos inéditas, entrevistas e comentários sobre locações, figurinos, cenários e efeitos visuais, é possível acompanhar detalhes da elaboração do roteiro do filme, saber como foi feita a preparação das cenas mais importantes e desvendar o passo a passo da mágica criação dos lobos por computação gráfica. O livro traz ainda imagens e depoimentos exclusivos do elenco - incluindo os astros Kristen Stewart (Bella Swan), Robert Pattinson (Edward Cullen) e Taylor Lautner (Jacob Black).

(Livro) Crepúsculo: Caderno de Anotações da Diretora - Catherine Hardwicke


Foi Catherine Hardwicke a diretora que conduziu a bem-sucedida adaptação cinematográfica de Crepúsculo, o primeiro livro da série fenômeno de Stephenie Meyer. Ao longo da produção do filme, em 2008, Catherine reuniu material fotográfico, rascunhos, storyboards e muitas histórias boas - tudo isso está publicado agora no Brasil em Crepúsculo: Livro de anotações da diretora.

Por meio da vasta coleção reunida e organizada de maneira bem pessoal, Catherine mostra como funcionou o processo criativo que transportou o livro para as telas de cinema. Do roteiro à edição final, incluindo a pesquisa das locações, a escolha dos atores e dos figurinos, a construção das cenas mais importantes, os efeitos visuais e o desenvolvimento da trilha sonora, ela mostra, etapa a etapa, como o filme tomou forma, e ainda comenta curiosidades imperdíveis dos bastidores: Robert Pattinson, por exemplo, teve que dormir no sofá da casa de sua agente quando viajou para fazer o teste para o papel de Edward. A pele falsa usada na maquiagem da cena da mordida de Bella era simplesmente queijo derretido no micro-ondas! E a campina mágica de Bella e Edward? Bem, o lugar é, na verdade, um bom e velho campo de golfe...

(Livro) Crepúsculo: Guia oficial ilustrado da série


Referência definitiva sobre a saga, Crepúsculo: Guia oficial ilustrado da série, único realmente oficial, traz cerca de cem fotos e ilustrações em cores. Com conteúdo exclusivo e todas as referências necessárias para explorar (e expandir) o universo criado por Stephenie Meyer em Crepúsculo, Lua nova, Eclipse, Amanhecer e A breve segunda vida de Bree Tanner, o Guia inclui perfis dos personagens, extras dos livros, árvores genealógicas, mapas e referências cruzadas.
Idealizado inicialmente como um projeto apenas de texto, o volume acabou incorporando fotos e ilustrações em cores de diversos artistas, incluindo a ilustradora Young Kim, que assinou também a arte da versão em graphic novel de Crepúsculo. Além das belas imagens, o livro traz uma entrevista exclusiva, franca e bastante pessoal, concedida pela autora à amiga e também escritora Shannon Hale. É uma oportunidade única de conhecer Stephenie Meyer bem mais de perto.

(Livro) O Sol da Meia Noite


Midnight Sun (Sol da meia noite, em português) será um livro de Stephenie Meyer que reconta os fatos do livro Twilight na versão e ponto de vista do personagem Edward Cullen. Esse livro revela fatos que não foram contados pela personagem Isabella Swan no primeiro livro, como quando Edward luta contra James, e sua vingança junto a Carlisle contra os homens que tentaram agredir Bella em Port Angeles. Além de tudo, como Edward pode ler pensamentos, o leitor conhecerá mais os personagens do livro. O livro mostra melhor o amor que Edward sente por Bella e relata como é pra ele estar com ela, mesmo que isso o faça sentir dores (como a queimação na garganta devido a sede), ou que isso possa coloca-la em risco. Edward fala sobre como se sente covarde por fugir de Bella, mas como se sente egoísta por querer ficar com ela, sabendo que isso é real e inteiramente perigoso para ela.

Foi ilegalmente disponibilizada na internet uma cópia do rascunho original do livro. A obra está incompleta e a cópia ilegal vai até o décimo segundo capítulo. A autora da saga, Stephenie Meyer, alega que a continuação da obra estará suspensa por tempo indeterminado devido ao ocorrido, já que "se sente muito triste com o que aconteceu para continuar escrevendo". Disse também que "pede que os fãs não vejam os doze capítulos que vazaram, porque eles estão incompletos, a escrita é confusa e cheia de erros". A autora disse também que "já sabe como isso aconteceu" e que a cópia estava com "uma pessoa de confiança e não houve intenção maliciosa com a distribuição inicial".[1] Ela declarou que acredita que voltará a trabalhar no livro quando tiver certeza que "todo mundo esqueceu isso" já que "não pode escrever quando o não se sente só". Meyer disponibilizou os doze capítulos publicados do livro em sua página oficial.

(Livro) Amanhecer


Breaking Dawn (Amanhecer): "QUANDO SE AMA AQUELE QUE VAI MATÁ-LA, NÃO RESTAM ALTERNATIVAS. Como se pode correr, como se pode lutar, quando essa atitude magoaria o amado? Se sua vida é tudo o que você tem para dar ao amado, como não dá-la?"
Estar apaixonada por um vampiro é tanto uma fantasia como um pesadelo, costurados em uma perigosa realidade para Bella Swan. Empurrada em uma direção por sua paixão por Edward Cullen, e em outra por sua ligação com o lobisomem Jacob Black, ela resistiu a um ano de tentação, perda e conflito. O momento da escolha entre ser parte do mundo dos imortais e permanecer humana é o marco que poderá mudar o destino dos clãs de vampiros e de lobisomens.
Agora que Bella tomou sua decisão, uma assustadora corrente de acontecimentos está para se desdobrar, com consequências devastadoras. Quando as feridas parecem prontas para ser cicatrizadas, e os confrontos da vida de Bella, resolvidos, isso pode significar a destruição. Para sempre.
Assombroso e de tirar o fôlego, Amanhecer, a aguardada conclusão da saga Crepúsculo, esclarece os mistérios e os segredos desse épico romântico.

(Livro) Eclipse


Eclipse: "'BELLA?' A VOZ SUAVE DE EDWARD surgiu atrás de mim. Eu me virei e o vi disparando com leveza pela escada da varanda, o cabelo esvoaçando. Ele me tomou nos braços num só movimento, como havia feito no estacionamento, e me beijou de novo. Esse beijo me assustou. Havia tensão demais, foi brusca demais a pressão de seus lábios nos meus - como se ele estivesse com medo de termos pouco tempo para nós dois."
Enquanto Seattle é assolada por uma seqüência de assassinatos misteriosos e uma vampira maligna continua em sua busca por vingança, Bella encontra-se cercada de perigos outra vez. Em meio a isso, ela é forçada a escolher entre seu amor por Edward e sua amizade com Jacob - sabendo que essa decisão tem o potencial para reacender o conflito perene entre vampiros e lobisomens. Com a proximidade da formatura, Bella tem mais uma decisão a tomar: vida ou morte. Mas o que representará cada uma dessas escolhas?
Os leitores fascinados por Crepúsculo e Lua nova vão devorar ansiosamente Eclipse - o terceiro livro da excitante saga de amor e vampiros assinada por Stephenie Meyer.

(Livro) Lua Nova


New Moon (Lua Nova): "PARECIA QUE EU ESTAVA presa num daqueles pesadelos apavorantes, onde é preciso correr até os pulmões explodirem, mas não se consegue obrigar o corpo a andar com rapidez suficiente. Mas isto não era um sonho e, ao contrário do pesadelo, eu não corria para salvar minha vida, corria para salvar uma coisa infinitamente mais preciosa. Hoje minha própria vida pouco significava para mim."
Para Bella Swan, há um coisa mais importante do que a própria vida: Edward Cullen. Mas estar apaixonada por um vampiro é ainda mais perigoso do que Bella teria imaginado. Edward já resgatara Bella das garras de um monstro cruel, mas agora, quando o amor dos dois ameaça tudo o que lhes é próximo e querido, eles percebem que seus problemas podem estar apenas começando...
Tentando se recuperar de uma reviravolta da vida, Bella se depara com ameaças que envolvem novas criaturas sobrenaturais, e é levada a enfrentar dilemas e desafios em cenários e situações surpreendentes.
Com arroubos de emoção, Lua Nova cria uma compulsão no leitor e renova a trama repleta de impasses de altíssimo risco. Legiões de leitores que ficaram em transe com o best-seller Crepúsculo estão ávidos pela seqüência da história de amor de Bella e Edward. Apaixonada e cheia de reviravoltas surpreendentes, a saga ganha um ritmo ainda mais intenso nesta segunda parte da série.

(Livro) Crepúsculo


Twilight (Crepúsculo): "NUNCA PENSEI MUITO EM como morreria - embora nos últimos meses tivesse motivos suficientes para isso -, mas, mesmo que tivesse pensado, não teria imaginado que seria assim. (...) Sem dúvida era uma boa forma de morrer, no lugar de outra pessoa, de alguém que eu amava. Nobre, até. Isso devia contar para alguma coisa."
Isabella Swan chega à nublada e chuvosa cidadezinha de Forks - último lugar onde gostaria de viver. Tenta se adaptar à vida provinciana na qual aparentemente todos se conhecem, lidar com sua constrangedora falta de coordenação motora e se habituar a morar com um pai com quem nunca conviveu. Em seu destino está Edward Cullen.
Ele é lindo, perfeito, misterioso e, à primeira vista, hostil à presença de Bella - o que provoca nela uma inquietação desconcertante. Ela se apaixona. Ele, no melhor estilo "amor proibido", alerta: Sou um risco para você. Ela é uma garota incomum. Ele é um vampiro. Ela precisa aprender a controlar seu corpo quando ele a toca. Ele, a controlar sua sede pelo sangue dela.
O que Bella não percebe é que quanto mais se aproxima dele, maior é o perigo para si e para os que a cercam. E pode ser tarde demais para voltar atrás...
Combinando sensualidade e mistério, romance e fantasia, Stephenie Meyer produz uma trama de extraordinário suspense neste primeiro volume da série que marcou sua estréia literária. Tremendamente sedutor, Crepúsculo mantém seus leitores ligados até a última página.

domingo, 9 de setembro de 2012

Kristen Stewart está de volta ao tapete vermelho com “On The Road”, no Toronto Internacional Film Festival


Resolvi, pela primeira vez, traduzir um texto, no caso uma entrevista de Kristen Stewart durante o Festival de Filmes em Toronto, dá para entender perfeitamente, melhor que em muitos sites que eu andei vendo durante o dia de hoje, há algumas anotações durante o texto, poucas anotações, somente para o entendimento de todo mundo!

Espero que vocês gostem!


 Traduzido por: Letícia Kartalian
TORONTO - Tem sido difícil para Kristen Stewart estar de volta em público após revelações de um caso que levou ao seu rompimento com a co-estrela de "Crepúsculo", Robert Pattinson.

No entanto, não há nenhum lugar em que preferia estar do que no Festival de Cinema Internacional de Toronto ao lado de seus colegas para a adaptação do romance de Jack Kerouac, em 1950, Geração Beat, "On the Road".

Stewart disse que nunca pensou em pular o festival, onde o filme jogado à frente de seu lançamento nos cinemas dos EUA em dezembro.

Ela disse que era importante estar lá com o diretor Walter Salles e com as co-estrelas, que incluem Kirsten Dunst e Garrett Hedlund, que, como Stewart havia trabalhado por anos para fazer o filme.

"Estamos esperando por essa coisa ser desencadeada por tanto tempo. Era uma espécie de uma daquelas situações em que você só tem que se colocar no seu corpo e ir apreciar o momento", disse Stewart, em entrevista neste sábado.

Recordando a estreia do filme em Cannes, em Maio no Cannes Film Festival, Stewart disse: "Eu teria ficado feliz de pé no Festival de Cannes com o teatro inteiro vaiando-o enquanto eu estava na mesma fileira* com o meu elenco e com Walter. Nós teríamos ficado bem. Eu me sinto tão forte com essas pessoas, e é muito apropriado. Eu pertencia àquele lugar."

*Pode ser fila ou fileira, achei melhor traduzir como fileira, que é como os atores e os diretores ficam quando estão apresentando um filme.

Desde Cannes, a vida pessoal de Stewart ter desvendado como ela mesma admitiu que traiu Pattinson com seu diretor de "Branca de Neve e o Caçador",  Rupert Sanders.

A estreia em Toronto de "On the Road" na quinta-feira, foi a primeira aparição pública desde o acontecido com Stewart, e ela foi recebida por centenas de fãs de "Crepúsculo" que vieram para mostrar apoio para a atriz de 22 anos de idade.

"Você espera um monte de gente na estreia de" Crepúsculo ", mas mostrar-se em uma triagem de 'On the Road' no Toronto Film Festival e vendo que a quantidade de pessoas é absolutamente (grande), é surpreendentemente incrível", disse Stewart. "Foi muito legal."

"On the Road" tem estado na lista de afazeres em Hollywood durante décadas, mas as tentativas anteriores para adaptá-la para o cinema sempre deu errado.

Salles ("Central do Brasil",'' Diários de Motocicleta ") passou anos desenvolvendo o filme, estrelado por Hedlund como geração beat livre de espírito Dean Moriarty, inspirado por um amigo de Kerouac, Neal Cassady, e Sam Riley como o alter ego do autor Sal Paradise .

Stewart, co-estrela, como a primeira mulher de Dean, Marylou, que se junta a ele e Sal em alguns de seus enlouquecidos “cross-country*” aventuras.

*algo como trilha, ou estrada, no caso do filme.

O romance* foi uma experiência de conscientização para Stewart, que leu o livro pela primeira vez quando era uma caloura do ensino médio.

*No original, a novela, lembrando que os romances são chamados de novelas nos EUA.

"Marylou e Dean são o tipo de pessoas que eu estava me inspirando. Inicialmente, aos 15 (anos)lendo o livro, disse, Deus, estes são o tipo de pessoas que eu tenho de encontrar. Os loucos ", disse Stewart. "E eu não sou um deles, mas talvez eu poderia ser...

"A grande coisa sobre 'On the Road' é que ele realmente pode se abrir sua concha, e eu definitivamente percebi coisas sobre mim que eu não sabia antes*. Que eu posso deixar meu rosto sair e não ser demasiado consciente disso, e parar de me questionar e não ter medo de estranhos, e deixar de ser crítica. "

* que eu ainda não tinha percebido.

Lidar com os fotógrafos e equipes de TV na estreia de quinta-feira no tapete vermelho foi um desafio.

"Eu estava um pouco nervosa, obviamente. Estou sempre nervosa antes de um tapete vermelho", disse Stewart. "Para ser honesta, eu ficava apenas dizendo a mim mesma, apenas não desmaie. Esteja lá, não apenas figurativamente, colocando a cabeça para baixo e ir embora. Esteja lá, agradeça. Felizmente, muito, muito mesmo, eu era capaz de fazer isso. "

Em novembro, Stewart enfrentará algumas aparições públicas embaraçosas  quando ela e Pattinson estarão promovendo "A Saga Crepúsculo: Amanhecer - Parte 2", o final de seu romance de vampiros.

Stewart está confiante de que vai passar por tudo isso bem.

"Nós vamos ficar bem", disse Stewart. "Estamos totalmente bem."


Traduzido por: Letícia Kartalian
___

Online:

http://tiff.net/thefestival

Copyright 2012 Associated Press. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído.

sábado, 18 de agosto de 2012

Autora: Stephenie Meyer


Nascida em 24 de dezembro de 1973, Stephenie Meyer é uma escritora americana, conhecida pelos best-sellers da série Twilight (Crepúsculo). Graças a repercussão da Saga, Stephenie foi  classificada como 49° lugar na lista das “100 pessoas mais influentes em 2008”, da revista Times.
Autora também de The Host e co-autora de Formaturas Infernais. http://www.stepheniemeyer.com/




Stephenie Sonnibe Meyer nasceu em Hartford, Connecticut na vespera do Natal em 24 de dezembro de 1973, filha de Stephen Morgan e Candy. Ela cresceu em Phoenix, Arizona, com cinco irmãos: Seth, Emily, Jacob, Paul, e Heidi. Ela frequentou a escola Chaparral High School, em Scottsdale, Arizona, e cursou literatura inglesa na Universidade Brigham Young, em Provo, Utah, onde se formou em 1995. Meyer é mormom, membro de “A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias”. Conheceu seu marido Christian, mais conhecido por "Pancho", quando era pequena, casou-se com ele em 1994. Juntos, eles têm três filhos: Gabe, Seth e Eli. Após escrever Crepúsculo (Twilight), Stephenie ganhou 3 prêmios: um do NY Times e dois da Associação das Bibliotecas Americanas.
Crepúsculo (Twilight nos EUA) é o seu primeiro romance. Depois da sua publicação, Stephenie foi escolhida como um dos "novos autores mais promissores de 2005" pela Publishers Weekly. O sucesso desta obra lhe rendeu contratos de adaptação para o cinema, produtos e o planejamento de novas obras com a Little, Brown and Company.
Meyer atualmente vive em Cave Creek, Arizona, e possui também uma casa em Marrowstone Island, Washington. A escritora já veio ao Brasil, em novembro de 2010, juntamente da equipe de filmagem de Amanhecer, longa-metragem de que foi produtora oficial.
Meyer ganhou recentemente duas versões de sua biogafia: uma em quadrinhos, feito originalmente pela Bluewater Comics, "Twilight Unbound: The Stephenie Meyer Story", que conta a vida e a inspiração para a saga, a história e as lendas de Forks; e outra, não-autorizada, do biógrafo americano Marc Shapiro.

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Frase: Kristen Stewart

"Por que eu iria querer que qualquer coisa que é privada se tornasse entretenimento para outras pessoas?" - Kristen Stewart